Tem trabalho no Japão?

Será que depois desses últimos anos, ainda Tem trabalho no Japão? Pois bem, apenas dois grupos podem solicitar a aprovação do visto de trabalho: cônjuges de pessoas que estão empregadas no estado japonês há pelo menos três meses e filhos de japoneses.

Mas não desista dos seus sonhos, tem trabalho no Japão sim, você não precisa ter um diploma universitário ou falar japonês fluentemente para se candidatar a um emprego.

O apelo dos brasileiros no mercado de trabalho japonês também se deve aos salários, no Japão Jobs você vai descobrir um pouco mais sobre as principais dúvidas quanto a como fazer para ir trabalhar no Japão.

Como faço para ir trabalhar no Japão?

Um método comum de conseguir ir trabalhar no Japão é obter uma oferta de emprego de uma empresa sediada no país; com a proposta finalizada é possível obter um visto que te autoriza viver na terra do sol nascente enquanto durar o seu período de contratação.

Bombeiros no japao
imagem/reprodução: Pixabay.com

Como ir trabalhar no Japão sem descendência?

Para não descendentes, as regras de vida no Japão são as mesmas que se aplicam à maioria dos outros países.

É necessário solicitar um visto que permita a sua permanência na terra do sol nascente; Entre os vistos mais comuns são: Visto de curta duração válido para 90 dias, Visto de estudante válido por 2 anos, visto de trabalho com validade entre 1 a 3 anos e por fim o visto de cônjuge onde garante a moradia permanente desde que você esteja casado com um cidadão ou cidadã japonesa.

Como ir para o Japão sendo descendente?

Uma qualificação é sempre importante, e para trabalhar no Japão não pode ser diferente, especialmente se você for descendente; Além do mais, é importante ressaltar que você esteja pronto para se tornar um profissional de alto padrão e quem sabe alguém insubstituível com dedicações a alcançar os maiores níveis no JLPT, caso ainda não o tenha alcançando o nível máximo, assim como a proficiência no inglês.

Duas grandes dicas que podemos te passar são:

  • Visite sites, veja quando se inscrever em um processo seletivo e faça uma lista real das empresas que você mais gostou.
  • A outra dica é que você faça uma pesquisa sobre quais os conhecimentos necessários para começar nessas empresas escolhidas e por fim concentre-se em encontrar e socializar com essas empresas o quanto antes.

Você sabia?

Você pode simplesmente começar com um intercâmbio ou curso de pós-graduação, o que pode ser muito útil durante sua estadia no Japão, pois durante seus estudos você conseguirá construir uma rede de contatos que pode ser muito útil para você ingressar em grandes empresas na terra do sol nascente.

Quanto tempo de casado para ir para o Japão 2022?

O visto de cônjuge japonês é válido a partir da data de emissão do seu visto, de modo que o requerente terá um prazo de até 3 meses para entrar no Japão.

Para entrar no Japão, você precisa solicitar um visto com antecedência; Os tipos de visto variam de acordo com o objetivo da viagem e a ascendência japonesa do solicitante e podem ser para estadias de curta ou longa duração.

A falta de interesse pela realização de uniões matrimoniais no Japão criou um grande problema demográfico no país, isso promove uma redução no número de nascimentos e um crescimento no número de idosos ano após ano.

Os japoneses tem costumes de gastar até 3 milhões de ienes apenas nos preparativos de seus casamentos; É comum também receber ao invés de presentes, os recém casados receberem envelopes contendo dinheiro, para cobrir as suas despesas.